Artigos, Notícias

Afinal o que muda com a nova “Mi Store”? – Loja Xiaomi do Porto

Loja Xiaomi Portugal

Loja Xiaomi Portugal

Foi ontem, dia 01 de junho que a Xiaomi Portugal, liderada pela JP Sá Couto, inaugurou a primeira loja oficial da marca. O local escolhido foi uma loja na Rua Sá da Bandeira no Porto.

Ao que parece esta será a primeira de algumas, sendo outros locais já “leaked”  Lisboa (possivelmente duas), Aveiro e Coimbra.

Mas afinal o que é que muda com a nova “Mi Store”?

Bem, para começar podemos agora entrar numa loja, que se rege pelas recomendações da marca, e dar de caras com um conjunto alargado de produtos Xiaomi. Relembre-se que a Xiaomi não é apenas uma marca de telemóveis (smartphones), mas sim uma marca com um ecossistema de produtos bem alargado, desde brinquedos, utilidades domésticas, roupa, e um conjunto enorme de gadgets tecnológicos.

Adicionalmente haverá mais disponibilidade para cada opção, ou seja, o stock será sempre uma menor preocupação numa loja deste tipo.

Para os mais cépticos e mais relutantes em despender os seus tão valiosos Euros, a certeza de poder ver e sentir o produto antes da decisão final é também um ponto a favor das lojas “tradicionais”.

Por último, a loja passa também a ser um ponto de atendimento e de contacto directo com o cliente no serviço pós-venda. Significa que tiver um produto adquirido na loja, ou através de outros representantes nacionais, poderá deslocar-se à mesma para solicitar apoio quer em garantia quer fora de garantia.

Por exemplo, imagine-se que é da zona norte do país, gosta de fazer compras online e adquire um produto na Fnac.pt. Algum tempo depois tem algum problema ou dúvida com o seu equipamento. Neste caso pode dirigir-se à loja do Porto (ou outra futura) e solicitar a assistência aí!

Mas atenção! Esta garantia é assegurada pelo distribuidor oficial da marca e, como tal, é expectável que só os produtos que tenham prova de compra (fatura) sejam aceites. Poderá significar que os produtos comprados por outros importadores ou através de sites internacionais, não sejam aceites pela loja.

Como vêm, as vantagens são várias, mas nem tudo é um mar de rosas! E o maior senão é mesmo O PREÇO!!

Quem achava que os produtos vendidos em Portugal teriam o mesmo preço que os de sites internacionais ou até mesmo em Espanha, desengane-se!

Salvo algumas excepções os preços da loja serão idênticos aos que já se viam nas FNACs, Wortens, etc. Isto porque os produtos têm uma tabela recomendada pelo distribuidor. É assim com todas as marcas, por isso não haveria de ser diferente com a Xiaomi!

E os factores que contribuem para que isto aconteça são também facilmente identificáveis:

  • Valor do IVA
  • Custos de importação
  • Menor volume de compra
  • Custos de operacionalização (lojas, empregados, assistência técnica, quebras etc.)

Posto isto, cabe-lhe a si, como habitualmente, ponderar estas questões e escolher o que mais lhe agrada.

Uma coisa é certa agora o leque de opções passou a ser bem maior, e com isso quem ganha é o consumidor!

Foto de Xiaomi Portugal

Para qualquer dúvida, questão ou eventual correcção que deseje realizar, pode utilizar o espaço de comentários abaixo deste artigo, utilizar a nossa página de contato ou ainda remeter um e-mail para geral [@] hometech-etal.pt

partilhar

opinar



Tema original de Anders Norén adaptado por Ricardo Gil Simões